domingo, 28 de março de 2010

Carolinne!

Não há mais nenhuma  Carolina!
 Que mexe o cabelo como tu...
 E que é completamente tarada!
 E que me faz rir quando eu quero desatar a chorar...
 E que escreve lindamente!
 E mesmo que haja muitos escritores, nenhum escreve como tu!
 E eu nunca te ouvi tocar baixo, mas também não deve haver ninguém com as tuas mãos...
 E eu JÁ te ouvi cantar...e não há ninguém com a tua voz!
 E quanto a nunca vires a ser modelo....é mesmo esse o teu objectivo de vida?
 Eu acho (aliás, tenho a certeza) que és única e fantástica assim,
Mesmo com a tal celulite que tu dizes ter,
 Mesmo sendo tarada, e completamente fantástica!
 Não há ninguem igual a ti!
 Há muitos melhores que tu,
Há muitos piores que tu...
Mas não há ninguém como tu!
Não há ninguém que ri quando chora!
Ninguém com as tuas pancas, os teus tiques, o teu sorriso, o teu cabelo magnífico, louro, brilhante e enorme, e que tu tens a mania de estar sempre a lavar. Não há ninguém que tenha o teu sentido de humor e que mande as bocas que tu mandas xD

Carolinne! tu est unique!
N'y á pas personne comme toi!

sábado, 27 de março de 2010

CICLO DA VIDA


Li um texto (entre muitos) fantástico neste blog duma amiga minha.... Fiquei sem palavras!
Querolina, escreves taaaaao bem! Nunca pares! 

MAN VS WOMEN 2


Mais um post fantastico xD em k s demonstra a diferença absoluta entre a mente masculina e a inteligentissima mente feminina.

sexta-feira, 26 de março de 2010

MAN VS WOMEN

Ola, Ola,Ola!!!!

Aki esta uma nova rubrica..vai durar um tempinho...eeu vou postar as magnificas diferenças entre os homens e as mulheres xDDD

espero k gostem!!


Nao se eskeçam de comentar!!!



domingo, 14 de março de 2010

Just a little bit

Um parágrafo de um dos capitulos do meu suposto livro...espero k gostem...xD

O carrossel desvanecia-se como fumo de uma chaminé do tempo, que se esvai por entre as folhas verdes duma montanha de sonho, coberta por nuvens brancas, com formas magnificamente talhadas por um vento escultor, por um Sol pintor de um pôr-do-sol cor de primavera com cheiros inimagináveis de misturas florais e doces caseiros, feitos em fornos de lenha chorosa de resinas amarguradas pela dor do corte do serrote impiedoso do Homem infame e traiçoeiro, ignóbil e poderoso.



quinta-feira, 11 de março de 2010

Makeup Adicted


...makeup adicted...

a nova 'rubrica' xD do meu blog 



Pink and black XD espero k gostem lool!!!


segunda-feira, 8 de março de 2010

WHY DO FOOLS FALL IN LOVE??


Carol, é uma pergunta interessante XD

Tomei a liberdade de te responder...o meu objectivo era escrever apenas uma frase, mas como sempre, n consegui parar de escrever...

Não são os parvos que se apaixonam, são aqueles que têm sentimentos e se deixam levar pelo que sentem, no fundo, aqueles que vivem a vida com paixão e vêem em cada dia uma oportunidade de serem felizes ao lado daqueles que amam, sem se preocuparem com o passado nem com o futuro, vivem o presente intensamente; não se preocupam com o sofrimento, com as consequências, com o que os outros podem pensar, com as opiniões alheias, com os olhares atravessados, com os sorrisos trocistas.
Vivem cada momento como se fosse o ultimo, cada dia como se o amanha não existisse, cada segundo como se não houvesse um próximo à espera que o corrente passasse.
São os amores parvos como aqueles que vemos nas esquinas e nos bancos de jardins, que passamos ao lado e pensamos..apenas mais um... são esses amores parvos e sem importância que nos fazem sonhar inconscientemente com um amor assim parvo para nós, com alguém com que possamos estar e ignorar também os olhares atravessados e os sorrisos trocistas, e viver cada minuto como se fosse o ultimo, e ver a vida cor-de-rosa, e sonhar, sonhar com o futuro, viver o presente, olhar o passado distante e embaciado e sorrir das tristezas, gargalhar pelas alegrias, sonhar, sonhar a cada minuto, a cada segundo, sonhar, porque sonhar é viver, porque sonhar é amar, porque sonhar é o melhor da vida, e porque é no sonho que nos apaixonamos, porque o sonho é parvo, porque só os parvos se apaixonam, porque a paixão é parva, o amor é parvo, o sofrimento é parvo, a vida é parva e até nós somos parvos porque parvos são aqueles que amam com paixão ardente, aqueles que esperam o príncipe perfeito chegando no seu cavalo branco, parvos, parvos são aqueles que nos dias de hoje ainda acreditam que o amor é possível, que apesar das desfeitas e das desilusões continuam a acreditar, que apesar de já terem sofrido tanto continuam à espera, e esperam, esperam eternamente, esperam até à morte...esses, esses são parvos, sim, porque não desistem. Eu, eu sou parva sim, porque não desisto, procuro e não encontro, espero e continuo a esperar e a sonhar e por vezes o sonho quase que se torna real, mas desvanece-se numa nuvem de fumo, e vem o sofrimento e a desilusão, mas eu continuo a espera e à procura, e continuo a procurar e a sofrer e quase que desisto, mas depois olho os bancos de jardim e as esquinas e os casais parvos que lá estão e olho-os e penso...são parvos! e não desisto, e ergo-me, olho em frente e o ciclo continua...eternamente, esperançosa, vivo cada dia, cada minuto, cada segundo como se fosse o ultimo...olho-te, olho o futuro, olho o passado, recordo as memórias, vivo o presente, sonho contigo e contigo e por ti sofro, choro, espero, desiludo-me e não desisto, porque que desiste, quem desiste são os parvos!


Obrigado pela inspiração Carol!!!! xD

DIA DA MULHER!!!! xD


Aquele que conheceu apenas a sua mulher e amou, sabe mais de mulheres que aquele que conheceu mil. (Leon Tolstoi)


Conta uma lenda que no princípio do mundo, quando Deus decidiu criar a mulher, viu que havia esgotado todos os materiais sólidos no homem e não tinha mais do que dispor.

Diante deste dilema e depois de uma profunda meditação fez isso:
Pegou a forma arrendondada da lua;
as suaves curvas das ondas;
a terna aderência das bromélias;
o trémulo movimento das folhas;
a forma esbelta da palmeira;
a nuance delicada das flores;
o amoroso olhar do cervo;
a alegria do raio do sol;
e as gotas do choro das nuvens.

“ Cuida-te quando fazes chorar uma mulher, pois Deus conta as suas lágrimas. A mulher foi feita da costela do homem, não dos pés para ser pisada, nem da cabeça para ser superior, mas saiu do lado para ser igual, debaixo do braço para ser protegida e do lado do coração para ser amada.


Elas sorriem quando querem gritar.
Elas cantam quando querem chorar.
Elas choram quando estão felizes.
E riem quando estão nervosas.

Elas brigam por aquilo que acreditam.
Elas levantam-se para injustiça.
Elas não levam "não" como resposta,
Quando acreditam que existe melhor solução.

Elas andam sem novos sapatos,
Para suas crianças poderem tê-los.
Elas vão ao médico com uma amiga assustada.
Elas amam incondicionalmente. 
 (trecho - Pablo Neruda)